© 2019 por RCC Arquidiocese de Cuiabá.

Lançamento do Vinde & Vede 2017: “Aparecida é Aqui”

February 8, 2017

      A RCC da Arquidiocese de Cuiabá, no seu jeito peculiar de ser Igreja Católica & Apostólica, foi a idealizadora e realizadora do Vinde & Vede até o ano de 2005; e a partir disto, prossegue de um ano ao outro em sua organização, em unidade com a Igreja. Em o ano do Jubileu de Ouro, entre 26 e 29 de fevereiro a Renovação Carismática Católica não só celebrará os 50 anos de Movimento Carismático, como vivenciará a Graça de celebrar também o centenário de Nossa Senhora Aparecida e os 300 anos do Encontro da Imagem de Nossa Senhora de Fátima. O Lançamento do Encontro aconteceu no Memorial do Papa João Paulo II (8), e trouxe a programação de Evangelização a ser realizada neste mesmo lugar, com muito louvor, adoração, pregação, testemunhos e outras Maravilhas de Deus.

 

Dom Milton -  O arcebispo da arquidiocese de Cuiabá, Dom Milton Santos, em seu jeito sereno e bem peculiar de “contador de histórias”, fez uma viagem imaginária para lembrar fatos reais, que foi muito além de cinquenta e até de um centenário, chegando aos trezentos anos atrás, em que retomou ao Encontro da Imagem de Nossa Senhora de Fátima. E seja lá ou em Aparecida, Dom Milton deixa claro que Nossa Senhora sendo brasileira, também é mato-grossense.

 

 

Jubileu RCC - E passando pelos cinquenta anos do Jubileu de Ouro da Renovação Carismática Católica, o dobro e o triplo disto já vividos, os participantes se deleitaram nos detalhes de histórias movidas pela singeleza e santidade de uma Virgem Imaculada, e certamente pelo Espírito Santo, já que o contexto espiritual implica numa vivência ímpar na presença da Mãe Santíssima, bem como a experiência impactante sob a ação deste Espírito revelado por Deus.

 

 

Colaboradores - Dom Milton enfatizou a colaboração de irmãos que somam na realização do Vinde & Vede e alavancam ano a ano este Encontro. A exemplo, ele citou a instalação da placa fixa com o nome do “Memorial do Papa João Paulo II”, e benfeitorias concretizadas graças a colaboradores que ao longo de três décadas vêm contribuindo para frutificar a evangelização por este meio.

 

MSM – “Nossa Senhora trabalha no silêncio...  E no dia dedicado ao Movimento Sacerdotal Mariano no Vinde & Vede presenciamos o Triunfo do Coração Imaculado de Maria, sendo representados por todas aquelas santinhas; e  Ela  mostra a todos os participantes e até a nós servos, que realizamos esse trabalho com os andoes e nas casas das famílias, o fruto de nosso trabalho e toda grandiosidade que Ela faz em cada família; sempre foi assim.” A reflexão é de Elvira Alice Dorileo da Silva, que está à frente do MSM há 27 anos e no Vinde & Vede há quase 15 anos.  

Retiro - Elvira Dorileo lembrou o início do Movimento, em que se realizava um retiro anual na cidade de Jauru, uma semana após este grande encontro de o Vinde & Vede, sob o comando do responsável pelo MSM no mundo inteiro.

 

Arcebispo - Segundo ela, ao assumir a Arquidiocese de Cuiabá, Dom Milton trouxe o MSM para o Vinde & Vede, com a participação de fieis com seus andores de fieis da Arquidiocese de Cuiabá vindos de todo o Mato Grosso.  “Este ano, por ser o ano Mariano, esperamos que todas as pessoas sintam esse chamado de Nossa Senhora e venham no dia 27, para este grande Cenáculo que realizamos no Vinde & Vede, no Memorial.”

 

RCC - A coordenadora geral do Vinde & Vede, Maria Inês Pereira Vaz, lembrou o Jubileu de Ouro da Renovação Carismática Católica, mundialmente celebrado pelos carismáticos deste Movimento, e pede em seu discurso que se viva intensamente o momento do Jubileu de Ouro, no Memorial Papa João Paulo II. 

 

Duquesne - Ao discursar para os presentes no Maria Inês recorda o marco que levou à origem da RCC, o retiro realizado na cidade de Duquesne, no estado da Pensilvânia, nos Estados Unidos da América, num final de semana (17 a 19) de fevereiro, no ano de 1967. “Jovens tiveram uma experiência extraordinária com o Espírito Santo, e esta Graça vem sendo derramada para toda a Igreja em suas diversas expressões, o que leva à um profundo avivamento, a exemplo do próprio Vinde & Vede, vivido há 30 anos na Arquidiocese de Cuiabá, discursou Inês.

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Please reload

Outras Notícias